parlamento

Verdes questionam acordos com o PSD

O primeiro-ministro ouviu esta quarta-feira o partido Ecologista os Verdes a questionar diretamente a mudança de estratégia do Governo. Costa disse que nunca prometeu o descongelamento de carreiras dos professores por nove anos.

"Custa-me a crer haver tantos acordos com o PSD no final da Legislatura. Isso deve levar o País a refletir", afirmou Heloísa Apolónia no debate quinzenal com o primeiro-ministro. Sem meias medidas, Heloísa Apolónia perguntou a António Costa se conta com o PSD para o viabilizar as propostas de alterações laborais e aconselhou-o a refletir sobre o descongelamento de carreiras dos professores,

Sobre o pacote laboral que vai a votos no dia 6, o primeiro-ministro insistiu que as medidas apresentadas combatem a precariedade. No caso do alargamento do período experimental de 90 para 180 dias, o chefe de governo frisou, duas vezes, que só existirá período experimental para contratos sem termo. Por isso, "não fomenta a instabilidade".

Tanto o PCP como os Verdes trouxeram a debate o descongelamento de carreiras dos professores e António Costa afirmou que nunca prometeu o descongelamento de carreiras dos docentes referentes a nove anos e quatro meses: "Nunca aceitámos, nunca prometemos", declarou Costa, depois dos ataques dos Verdes e das críticas de teimosia do líder do PCP, Jerónimo de Sousa.