Internacional

Japão atribui 600 mil euros à Unicef para combater Ébola na República Democrática do Congo

Desde maio, mês em que foi declarado o surto de Ébola, já morreram cerca de 28 pessoas.

Mais de 600 mil euros foram atribuídos pelo Japão à Unicef para ajudar a combater o vírus do Ébola na República Democrática do Congo.

Segundo a notícia avançada pela agência Lusa, a Unicef declarou que os fundos, atribuídos pelo Japão, "serão usados para apoiar atividades na área da comunicação comunitária e da assistência psicológica às famílias afetadas”.

Desde maio, mês em que foi declarado o atual surto de Ébola na República Democrática do Congo, já morreram cerca de 28 pessoas.

"O apoio do Japão vai ajudar-nos a continuar com as nossas atividades de forma a travar a doença e a acabar com o surto de Ébola num futuro próximo", declarou o representante da Unicef na RDCongo, Gianfranco Rotigliano, em comunicado.

Este é o nono surto de Ébola na República Democrática do Congo desde 1976.