Sociedade

Militar da GNR agredido por Virgul aceita acordo do músico

Incidente ocorreu a 16 de agosto, em Vilamoura.

DR  

O cantor Virgul chegou a acordo em tribunal com o militar da GNR que agrediu, em 2017, no Algarve.

O acordo, que foi sugerido pelo arguido, contempla o pagamento de 5000 euros, 2500 euros ao Estado e 2500 euros para a Associação dos Amigos dos Animais Abandonados de Loulé, adiantou a agência Lusa.

Segundo um despacho judicial, a vítima e o Ministério Público (MP) aceitaram o acordo e a Juíza de Instrução Criminal (JIC) validou-o.

O incidente, marcado por agressões e insultos, ocorreu a 16 de agosto de 2017, numa discoteca, em Vilamoura.

Através do acordo, Virgul evita uma acusação do MP e um possível julgamento.