Sociedade

No ano passado, 14 mulheres por dia foram vítimas de crime

Dados revelados pela APAV

No dia em que comemora o seu 28º aniversário, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) revelou que, em 2017, 14 mulheres por dia foram vítimas de crime, num total de 5036 vítimas durante o ano

Dados revelados no site da associação mostram que, para além disso, no mesmo ano,  944 pessoas idosas (em média 3 por dia), 810 crianças e jovens (em média 2 por dia) e 775 homens adultos (em média 2 por dia) também foram vítimas de crimes em 2017.

Só no ano passado, a APAV realizou 40.928 atendimentos. Foram registados 12.086 processos de apoio, identificadas 9.176 vítimas e 21.161 crimes.

Quanto ao tipo de crimes cometidos, a APAV revela que a violência doméstica continua a ser o mais expressivo (75.7 %).  No entanto, existem outros crimes que começam a surgir com maior frequência, como o bullying (0.5%).