Desporto

Mundial 2018. Uruguai esmaga Rússia e Egito perde frente à Arábia Saudita

Uruguai bateu a anfitriã do evento por 3-0

O Uruguai venceu esta segunda-feira a Rússia, anfitriã deste Mundial, por 3-0 e garantiu o primeiro lugar do grupo A. Quer isto dizer que Portugal defrontará os uruguaios caso consiga o apuramento para os oitavos-de-final terminando em segundo do grupo B; se o vencer, terá como opositor a Rússia na próxima fase.

Luis Suárez abriu o marcador aos 10 minutos da partida, seguindo-se depois um auto golo de Cheryshev aos 23'. O minuto 36 ficou marcado pela expulsão do russo Igor Smolnikov, com Cavani a selar o resultado para o conjunto sul-americano já em cima do minuto 90, Edinson Cavani fez o terceiro golo do Uruguai.

No outro jogo do grupo, entre duas equipas que ainda não somavam qualquer ponto, a Arábia Saudita bateu o Egito por 2-1, com um golo de Al-Dawsari aos 90'+5', na última jogada do encontro. Salah havia colocado os egípcios na frente aos 22', com Al Faraj a empatar aos 45'+5', de penálti. Este encontro ficou marcado pela titularidade de El Hadary, que aos 45 anos (e 161 dias) se tornou o mais velho de sempre a atuar num Mundial, superando o recorde detido pelo colombiano Mondragón desde 2014 (43 anos e três dias). Curiosamente, o longevo guardião até defendeu um penálti, aos 41'.