Politica

Arnaldo Matos apela à luta "contra esta exploração capitalista, com tudo o que tivermos à mão"

No dia anterior, o líder do PCTP/MRPP desejou as melhoras ao presidente Marcelo

Conhecido pelas suas afirmações polémicas, Arnaldo Matos, líder do PCTP/MRPP, volta, mais uma vez, a surpreender ao apelar à luta "contra esta exploração capitalista, com tudo o que tivermos à mão". O apelo foi escrito na rede social Twitter e é acompanhado de uma imagem com duas metralhadores AK47. 

"Operárias e operários: organizemo-nos e lutemos contra esta exploração capitalista, com tudo o que tivermos à mão", pode ler-se. No entanto, Matos não avançou mais pormenores sobre como pretende avançar com a "luta". 

Algumas horas depois, Matos fez uma nova publicação em que afirmou que "temos uma Banca Privada, paga com o dinheiro do povo? Trabalhamos cada vez mais, cerca de 50 horas por semana, aos Sábados e Domingos, com o salário mais baixo da União Europeia, e ainda pagamos os roubos dos ladrões dos bancos?". A publicação foi acompanhada por duas fotos do empresário Nuno Vasconcellos, chamando-lhe de "crápula" numa outra publicação. 

No dia anterior, Matos tinha desejado as melhoras ao presidente Marcelo Rebelo de Sousa. "Meu caro Marcelo. Saúde! Aguenta-te porra!".