LifeStyle

Vírus comum nas crianças pode estar na origem do Alzheimer

“Esta é uma doença muito complexa e a resposta não será tão facilmente encontrada”

O New York Times publicou um artigo sobre uma nova investigação, por parte do National Institutes of Health (EUA), que mostra uma relação entre dois tipos do vírus do herpes, que afetam a maior parte das pessoas durante a infância, e a doença de Alzheimer.

O estudo, publicado na revista científica Neuron, revela que o vírus interage com a informação genética, desempenhando um papel no desenvolvimento e progressão da doença. Estes dois tipos de vírus do herpes – HHV-6A e HHV-7 - conseguem ficar em estado de dormência, ou seja “inativos”, durante vários anos.

Os autores do estudo sublinham que estes dois vírus não causam Alzheimer, mas defendem que estes possam causar uma resposta por parte do sistema imunitário que leva à produção em excesso e acumulação de amiloide, fribrilas proteicas que podem desencadear a doença.

Contudo, um dos investigadores, John Morris, refere que “esta é uma doença muito complexa e a resposta não será encontrada facilmente.”

Neste estudo, foram analisados 950 cérebros humanos.