Internacional

Trump "os jornalistas devem ser livres do medo de serem violentamente atacados"

O presidente dos EUA falou sobre o tiroteio que aconteceu ontem no Capital Gazette

Donald Trump falou esta sexta-feira sobre o tiroteio que aconteceu ontem na redação do Capital Gazette, em Maryland, e que tirou a vida a cinco pessoas.

“Este ataque chocou a consciência da nossa nação e encheu os nossos corações de luto. Os jornalistas, como todos os americanos, devem ser livres do medo de serem violentamente atacados enquanto fazem o seu trabalho”, disse o presidente norte-americano, citado pela NBC.

Trump acrescentou ainda que o Governo norte-americano “não vai parar (…) até reduzir o crime violento e proteger a vida dos inocentes”.

Recorde-se que este é um discurso um pouco diferente da parte de Donald Trump, uma vez que o líder dos EUA é conhecido pelas suas críticas constantes aos meios de comunicação social, adjetivando-os como “inimigos do povo” e proliferadores de “fake news”.

O tiroteio, que ocorreu na passada quinta-feira, tirou a vida a quatro jornalistas e uma comercial do Capital Gazette.