Sociedade

GNR resgata 47 migrantes no mar Egeu

35 homens, 10 mulheres, uma delas grávida, e duas crianças foram salvas pelas autoridades portuguesas

Os militares da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da GNR, destacados para a Ilha de Samos na Grécia, resgataram esta segunda-feira 47 pessoas, no mar Egeu. Estas estavam a bordo de uma embarcação insuflável, com cerca de 10 metros de comprimento, lê-se no comunicado, a que o i /SOL teve acesso.

Os militares realizaram esta operação de salvamento no âmbito da operação FRONTEX, da Agência Europeia de Fronteiras e Guarda Costeira. A embarcação foi avistada através de equipamento de visão térmica, enquanto patrulhava aquela zona.

 Dentro da embarcação estavam 35 homens, 10 mulheres, uma delas grávida, e duas crianças.

Alguns dos 47 migrantes foram resgatados da água com sintomas de hipotermia e exaustos. A UCC acompanhou a embarcação com os restantes até à costa, onde foram encaminhados para as autoridades locais.

A operação FRONTEX tem como objetivo a prevenção, deteção e repressão de atos ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico humano e outros crimes que possam ocorrer entre fronteiras. Para além disso, garante a segurança de pessoas neste tipo de situações através de missões de busca e salvamento.