Internacional

Crise no governo alemão. Seehofer não sai

"Temos um acordo", anunciou o ministro do Interior

Depois de uma reunião de várias horas com a chanceler alemã Angela Merkel, o ministro do Interior alemão, Horst Seehofer, recuou na decisão de deixar o governo.

"Temos um acordo", anunciou Seehofer, citado pelo Der Spiegel.

As divergências começaram com a polémica em torno da política migratória da Alemanha. Seehofer queria medidas mais restritivas no que diz respeito à entrada de imigrantes.

Esta imposição chocou com a abertura demonstrada por Merkel, que decidiu abrir as portas a um milhão de refugiados.