Internacional

EUA. Criança de três anos morta na sua festa de anos

Oito pessoas morreram e uma ficou ferida

Uma menina de três anos foi esfaqueada até à morte durante a sua festa de anos, na passada segunda-feira, em Idaho, nos EUA.

Segundo as autoridades norte-americanas, Timmy Kinner terá entrado num apartamento onde estava a decorrer a festa e esfaqueou a aniversariante, cinco crianças e três adultos. Apenas uma criança terá sobrevivido ao ataque, refere a imprensa local.

Segundo o chefe da polícia William Bones, o homem terá tentado entrar no prédio no domingo, mas terá sido expulso por um morador devido seu “mau comportamento”; No dia seguinte, voltou para “se vingar”, disse a mesma fonte. Este prédio, segundo a CNN, abriga muitas famílias de refugiados de diferentes nacionalidades.

Timmy Kinner tem 22 anos, é natural de Los Angeles e foi detido “quase imediatamente após ter cometido o crime”. Kinner vai apresentar-se em tribunal no dia 16 de julho, onde deverá ser acusado de homicídio e outros crimes relacionados com a tragédia da passada segunda-feira.

Das nove vítimas, segundo a CNN, os três adultos eram refugiados provenientes da Síria, Iraque e Etiópia. As crianças seriam dos “membros mais novos” naquela comunidade, segundo Bones. A polícia diz que não há indicações que se trate de um crime de ódio e o FBI está, neste momento, a ajudar na investigação.    

O único sobrevivente já recebeu alta do hospital.