Internacional

A Sagrada Família enjaulada. É este o novo protesto contra Trump

Virgem Maria, José e menino Jesus em jaula

Em protesto contra a política de tolerância zero do governo norte-americano na questão das migrações, uma igreja em Indianapolis, no estado de Indiana, tem as figuras de Virgem Maria, José e menino Jesus “detidas” numa jaula. O argumento apresentado pela comunidade é de que a sagrada família “era, também, uma família de refugiados”.

A Episcopalian Christ Church Cathedral quis responder à separação de famílias por parte do governo: “Não vamos apoiar o governo, enquanto crianças estiverem a ser levadas dos seus pais e famílias a serem retiradas das suas comunidades e congregações”, pode ler-se no comunicado divulgado no site da igreja.

 

Segundo o Reverendo Lee Curtis à BBC, “esta era, também, uma família de refugiados que procurava asilo, depois do nascimento de Jesus.”

O reverendo afirma que “todas as famílias são sagradas” e que a igreja está neste momento a rezar “pelas famílias que procuram melhores oportunidades para os seus filhos”.