Politica

Orçamento. Posição do PSD não é supresa para Costa

Fernando Negrão anunciou hoje que o voto dos sociais-democratas no Orçamento do Estado “tendencialmente deverá ser contra”

António Costa disse que o eventual voto contra do PSD no Orçamento do Estado de 2019 não é surpresa, uma vez que o partido agora liderado por Rui Rio votou contra os últimos três orçamentos. As declarações foram feitas hoje, em Moçambique, onde Costa participou na Cimeira Luso-Moçambicana.

Esta quinta-feira, Fernando Negrão anunciou que o voto dos sociais-democratas no Orçamento do Estado “tendencialmente deverá ser contra”. “Não sei qual é a surpresa”, respondeu o primeiro-ministro quando questionado sobre as declarações do presidente da bancada parlamentar do PSD.

“Até agora, o PSD votou sempre contra todos os orçamentos que o governo apresentou e não temos expectativa que altere o seu sentido de voto”, concretizou Costa. 

A confirmar-se o voto contra dos sociais-democratas, a aprovação do Orçamento do Estado de 2019 depende dos partidos que suportam o governo – BE e PCP –, uma vez que o voto do CDS-PP também deverá ser contra.