Sociedade

Garcia de Orta vai contratar mais de 50 profissionais de saúde

Para combater as adversidades do regime de 35 horas, o hospital vai contratar 52 profissionais

Em comunicado, o Hospital Garcia de Orta (Almada) anunciou esta sexta-feira que vai proceder à contratação de 52 novos funcionários.

A unidade hospitalar de Almada anuncia que “vai proceder à contratação de 23 (vinte e três) enfermeiros, 23 (vinte e três) assistentes operacionais, 2 (dois) assistentes técnicos, 1 (um) técnico superior de Farmácia e 3 (três) técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica para as especialidades de Patologia Clínica, Cardiopneumologia e Radiologia”.

A direção do hospital diz que quer “ultrapassar eventuais constrangimentos que possam ocorrer”, devido ao regime de 35 horas que entrou agora em vigor e tem gerado bastante polémica.

Recorde-se que esta medida que impõe as 35 horas semanais entrou em vigor no dia 1 de julho. Os enfermeiros sofreram uma redução de cinco horas de trabalho semanais algo que, segundo os sindicatos, faz com que sejam necessários mais "1.976 enfermeiros" para compensar a redução de horas destes profissionais.

O Hospital Garcia de Orta abrange as áreas de Almada e Seixal e cobre as “necessidades de toda a Península de Setúbal”.