Desporto

Seleção russa terá inalado amoníaco para melhorar desempenho no Mundial

Segundo o jornal alemão Suddeutsche Zeitung, alguns dos jogadores da Rússia inalaram amoníaco antes dos jogos frente à Espanha e Croácia

De acordo com a imprensa alemã, a seleção russa terá inalado amoníaco, acabando assim por ser beneficiada durante o Mundial 2018 para chegar mais longe na competição.

Segundo o jornal Suddeutsche Zeitung, alguns dos jogadores da Rússia inalaram amoníaco antes do jogo frente à Espanha, nos oitavos de final, e no jogo frente à Croácia, o jogo dos quartos de final que acabou por eliminar a anfitriã do evento já nas grandes penalidades.

Ao que tudo indica, um membro da Federação de Futebol da Rússia terá sido a fonte da notícia, sendo que afirmou que um dos suplentes da equipa terá cheirado amoníaco numa bola de algodão antes do embate com a Espanha. Contudo, o jornal Bild noticiou que mais jogadores terão repetido o gesto no encontro frente à Croácia.

O amoníaco não é uma substância dopante, de acordo com os regulamentos de antidopagem, contudo sabe-se que é uma substância que beneficia os jogadores relativamente ao fluxo de oxigénio no sangue e estimula a respiração, de acordo com o jornal Suddeutshe. A substância é utilizada frequentemente no halterofilismo.