Politica

Gabriela Canavilhas abandona parlamento

Deputada do PS vai abandonar parlamento em setembro

Foi através de uma carta ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, que Gabriela Canavilhas renunciou ao mandato de deputada.

A antiga ministra da Cultura do governo de José Sócrates anunciou o fim da sua vida política a partir do mês de Setembro. Na carta, é possível ler-se que a deputada eleita pelo círculo do Porto vai dedicar-se “à vida privada, à vida cultural e académica, às funções de professora do ensino secundário”.

Canavilhas manifesta ainda o “muito orgulho” no trabalho que realizou durante o tempo em que foi deputada na Assembleia da República e enfatiza a “excelente relação” que criou com todos os colegas.