Politica

Orçamento. Montenegro lamenta “hesitação” do PSD

Ex-líder parlamentar defende que o PSD devia assumir já que vota contra

Luís Montenegro defende que o PSD devia assumir já que vota contra o orçamento do Estado para 2019.

“Era escusado que houvesse uma certa noção de hesitação”, afirma o ex-líder parlamentar do PSD, no programa Almoços Grátis, na TSF.

Para Luís Montenegro, o governo vai seguir a mesma linha e “não adianta estar no meio da ponte a olhar para os dois lados”.

Na última reunião do grupo parlamentar, alguns deputados do PSD criticaram Rui Rio por ter uma posição “ambígua” em relação ao orçamento. O presidente do PSD não cede à pressão dos críticos e rejeita anunciar a posição do partido antes de conhecer o documento.