Politica

Trump acusa Merkel de estar prisioneira da Rússia

No decorrer da cimeira da NATO, Donald Trump criticou a ligação energética da Alemanha à Rússia

Em poucas horas, Donald Trump tanto criticou Angela Merkel, como disse que ia estabelecer uma “excelente” relação com a chanceler alemã.

Antes de se terem reunido, o presidente norte-americano referiu, durante um pequeno-almoço com o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), Jens Stoltenberg, que Alemanha está extremamente dependente da Rússia.

“A Alemanha está prisioneira da Rússia porque importa de lá uma grande parte da sua energia", mencionou Donald Trump numa clara referência ao gasoduto Nord Stream II. Recorde-se que este gasoduto une os dois países, criando assim uma ligação comercial entre eles.

No que ao encontro em si diz respeito, tanto Trump como Merkel mostraram-se satisfeitos com as ilações retiradas do encontro. Os dois presidentes mostraram estar em sintonia sobre os temas em cima da mesa, como “as despesas em Defesa e o comércio” e o “desenvolvimento económico, das migrações e do futuro das nossas relações comerciais”.

A cimeira da NATO teve o seu início esta quarta-feira em Bruxelas, o locla da nova sede, e terminará na quinta.