Internacional

12 agentes russos indiciados por ataque informático durante eleições nos EUA

Investigação foi levada a cabo por Robert Mueller, Procurador-Geral do Departamento de Justiça dos EUA

A BBC está a avançar a notícia de que  os EUA indiciaram doze agentes dos serviço secretos russos pelo ataque informático nas eleições presidenciais de 2016.

A investigação, levada a cabo pelo Procurador-Geral Robert Mueller, do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, acusou os 12 agentes russos dos ataques cibernéticos à campanha de Hillary Clinton e ao partido Democrata, em 2016.

De acordo com Rod Rosenstein, assistente de Mueller, as acusações consistem no envio de phishing, e-mails e software com vírus nos ataques e tudo terá começado em março de 2016, tendo como alvos os funcionários e voluntários que estavam a trabalhar na campanha de Hillary Clinton.