Desporto

Ramón Calderón: Vender Ronaldo “é um erro imperdoável pelo qual o Real Madrid vai pagar um preço alto”

“Florentino Pérez vai pagar por este erro. Cristiano é o número 1, por isso o dano infligido é enorme”

O antigo presidente do Real Madrid, Ramón Calderón considera que a venda de Cristiano Ronaldo para as Juventus é um erro e que o clube vai pagar caro por esta decisão.

“É um erro imperdoável pelo qual o Real Madrid vai pagar um preço alto. As pessoas falam de Kylian Mbappé ou Neymar, mas estão muito longe do nível do Cristiano. Foi uma compra histórica há nove anos e a cláusula de 1.000 milhões de euros demonstrou que não estava à venda”, disse, em entrevista à Gazzetta dello Sport.

O antigo presidente referiu ainda que  “Florentino Pérez vai pagar por este erro. Cristiano é o número 1, por isso o dano infligido é enorme”.  A má relação entre o jogador português e Florentino Pérez já era conhecida e Calderón sublinhou que o facto de Ronaldo ter recusado o “contrato melhorado que Florentino lhe ofereceu no último instante”, revela que “as razões para ir embora são emocionais”.

“O custo da operação é caro, mas será amortizado por patrocinadores e dinheiro publicitário. Poria o Cristiano ao mesmo nível que Alfredo di Stéfano, Pelé e Cruyff. Consigo vê-lo com outros troféus nos próximos anos e terá de ser considerado seriamente para a Champions”, concluiu.