Desporto

'Trabalhei como servente de pedreiro e churrasqueiro' antes de ser futebolista

 O avançado do FC Porto teve de trabalhar para ajudar a família economicamente

DR  

Soares, jogador do FC Porto, afirmou esta terça-feira que antes de ser jogador de futebol chegou mesmo a ser servente de pedreiro e churrasqueiro, tudo para ajudar a família economicamente.

"Já trabalhei em muitas coisas, como servente de pedreiro, churrasqueiro e vendia gelados também, em Paraíba. Um dia, fui vender gelados num jogo na minha cidade e o pessoal acabou com todos os meus produtos. O problema é que ninguém me pagou e eu voltei para casa sem dinheiro”, contou o avançado, de 27 anos, em entrevista à ESPN.

O futebolista relembrou ainda que não foi fácil iniciar uma carreira no futebol, já que teve de passar por clubes de bairro e de vários amigos até surgir a oportunidade de jogar pelo Palmeiras das Rocas.

"Eu comecei a jogar em Sousa, na Paraíba, na escolinha de um amigo meu. Foi lá que dei os meus primeiros passos. Depois fui para Natal e joguei em equipas de bairro. Até que surgiu a oportunidade de jogar pelo Palmeiras das Rocas, onde fui o melhor marcador dos sub-17, com 20 golos. Foi aí que o América-RN me contratou".

Recorde-se que, em 2014, Soares chegou a Portugal para representar o Nacional e em 2016 começou a jogar de dragão ao peito, tendo-se consagrado campeão nacional na última época.