Politica

Tancos. Ministro ouvido à porta aberta

O ministro da Defesa Azeredo Lopes vai ser ouvido sobre o caso do assalto ao paiol de Tancos à porta aberta. 

A decisão foi proposta pelo PS, mas dividiu os socialistas sobre a regra de audições a aberta em matérias sensíveis como a da Defesa.

João Soares, deputado socialista, falou em nome pessoal para sustentar que nestas matérias não é favorável à ideia. Também do PS, Vitalino Canas lembrou que a comissão deveria ter atenção à votação de requerimentos para ouvir figuras como o Chefe de Estado-Maior do Exército à porta aberta.

As audições foram todas aprovadas, mas só a do ministro, para já, será à porta aberta.