Internacional

Incêndios. Suécia pede ajuda à UE

Neste momento estão ativos 44 incêndios na Suécia

A Suécia pediu, esta quarta-feira, através do Mecanismo Europeu de Proteção Civil da União Europeia (UE), auxílio às autoridades do país, para ajudar a combater os 44 fogos que se encontram neste momento ativos devido a uma vaga de calor que está a afetar o país.

Para o lolca, já foram enviados dois aviões italianos e seis helicópteros noruegueses, avança a agência sueca de Segurança Civil MSB.  

A MSB pediu à UE que enviasse reforços, especialmente aviõesuma vez que se está a fazer sentir falta de material e de recursos humanos.

As autoridades afiram que este fenómeno é “pouco habitual” no país. "A última vez que vimos fogos desta dimensão foi há 12 anos", declarou à AFP um membro da equipa de socorro.

As áreas mais afetadas são Gävleborg, Jämtland e Dalarna, tendo já sido evacuadas.

No país, durante os últimos dias, já foram registadas temperaturas superiores aos 33º Celsius. "A seca provocou um número importante de incêndios simultâneos nas florestas e nas terras", explica a SOS Alarm, alertando que o número de incêndios pode “provavelmente” aumentar. "Não é bonito de se ver, queimam incontrolavelmente tudo e espalham-se rapidamente", acrescenta a agência TT.

Até ao momento, não há qualquer registo de vítimas mortais.