Internacional

Trump quer taxas em todas as importações chinesas

A guerra comercial entre os Estados Unidos e a América está a subir de tom

O presidente norte-americano ameaçou aplicar uma taxa a todas as importações chinesas feitas pelos Estados Unidos. “Estou disposto a ir até aos 500 [mil milhões de dólares]”, disse Trump numa entrevista à CNBC, o que representa a totalidade das importações norte-americanas da China.

Já este mês a administração de Trump tinha aplicado uma taxa alfandegária de 25% sobre 34 mil milhões de dólares (cerca de 29 mil milhões de euros) de importações chinesas. Em causa está o que o presidente americano considera de “táticas predatórias” do governo de Pequim no avanço tecnológico.

“Não o faço por razões políticas, mas porque é o melhor” para os Estados Unidos, garantiu Trump.

Esta ameaça constante de uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China tem vindo a provocar a desvalorização continuamente do yuan, a moeda chinesa.