Internacional

Espanha. “Temos de recuperar a nossa base eleitoral”, pede Pablo Casado

O mais recém eleito líder do Partido Popular (PP) espanhol, Pablo Casado, apelou este sábado, depois de saber que foi escolhido com 57% dos votos,  à “unidade” e “integração” no seu projeto da outra candidatura.

DR  

“Temos de recuperar a nossa base eleitoral”, começou por dizer, sublinhando que quer "voltar a conectar com as pessoas” e a ter “um projeto ganhador”.

Pablo Casado foi hoje eleito o novo líder do Partido Popular, com 57% dos votos dos delegados, tendo garantido aos 3.082 delegados que não iria “defraudar” as expetativas. Além disso, Casado mostrou-se convencido de que os populares saem “mais fortes e mais unidos deste processo” em que “todos ganharam”.

No final, o novo líder do PP deixou ainda algumas palavras a Mariano Rajoy e à sua rival, Soraya Sáenz de Santamaría.