LifeStyle

KitKat perde em tribunal. As quatro barrinhas não são exclusivas da marca

A marca Nestle perdeu uma batalha em tribunal

A Nestle pediu ao Tribunal de Europeu Justiça que reconhecesse a forma do seu chocolate, o KitKat, como uma patente, tornando-a exclusiva da marca. Após um batalha de 10 anos, o tribunal decidiu que o KitKat não é suficientemente conhecido para que as suas quatro barras passem a ser uma marca registada.

A decisão do júri foi tomada em base no facto de apenas países como a Dinamarca, Alemanha, Espanha, França, Itália, Holanda e Inglaterra conhecerem bem o produto na Europa: o tribunal considerou que na Grécia, Irlanda, Bélgica e até em Portugal, o “chocolate não era conhecido o suficiente”.

Assim, chocolates como o Kvikk Lunsj, composto também por quatro barras, podem continuar a deliciar (neste caso) os noruegueses.