Internacional

Colômbia. Cadela polícia tem “cabeça a prémio”

Sombra foi responsável pela detenção de 245 suspeitos de tráfico de droga

DR  

Uma cadela que trabalha em conjunto com a brigada antinarcóticos colombianas, foi deslocada para outro sítio para que ficasse longe das ameaças de um dos gangues mais perigosos do país, segundo a BBC. A cadela chama-se Sombra e tem o recorde de apreensão de drogas.

Sombra é uma cadela, da raça pastor alemão, com seis anos, e é perseguida pelo gangue Urabeños, um dos mais perigosos da Colômbia. De acordo com o artigo da BBC, o gangue está a oferecer 200.000 pesos (cerca de 65.000 euros) pelo cadáver de Sombra.

Numa rusga, a cadela farejou dez toneladas de cocaína que pertenciam aos Urabeños. Isto é indicativo que terão perdido muito dinheiro com a apreensão.

Neste momento, Sombra está a trabalhar no aeroporto de Bogotá, longe do centro de operações do gangue, em segurança, de acordo com as autoridades.

O cabecilha dos Urabeños, Dairo Úsuga, é um dos homens mais procurados no país.

Sombra foi responsável pela detenção de 245 suspeitos de tráfico de droga, no total.