Politica

PSD "exige" demissão de Ricardo Robles

O PSD disse ainda que os discursos e posições do BE são uma fraude política

O PSD Lisboa “exigiu” esta sexta-feira a demissão do vereador da Câmara Municipal de Lisboa Ricardo Robles e deixou duras críticas ao Bloco de Esquerda (BE), afirmando mesmo que os seus discursos e posições “são uma fraude política”.

“O PSD Lisboa exige a demissão do vereador Ricardo Robles por manifesta falta de ética, de seriedade e de credibilidade política para permanecer no cargo de vereador na cidade de Lisboa”, lê-se num comunicado do PSD enviado às redações, na sequência da notícia avançada pelo Jornal de Negócios que dá conta de que o vereador do Bloco de Esquerda terá adquirido um prédio, em Alfama, por 374 mil euros, colocando-o à venda posteriormente por 5,7 milhões de euros.

O PSD foi mais longe e afirmou mesmo que Ricardo Robles é um “especulador imobiliário, que ‘despeja’ inquilinos e que, pretende ganhar milhões e enriquecer com a especulação imobiliária na zona histórica do município onde é vereador”.

O Bloco de Esquerda não foi esquecido e os sociais-democratas referem ainda que o caso “vem demonstrar que os discursos e as posições do Bloco de Esquerda são uma chocante fraude política que manipula os eleitores e se proclama publicamente contra a 'especulação imobiliária', quando um dos seus principais eleitos faz negócios milionários à custa”.

Recorde-se que Ricardo Robles foi cabeça de lista do BE nas últimas eleições autárquicas em Lisboa e deu sempre a cara contra a especulação imobiliária, despejos e abusos de alojamentos local, por exemplo.