Internacional

Grécia. Número de mortos no incêndio de Mati sobe para 91

Mais de 20 pessoas continuam desaparecidas

O número de mortos no brutal incêndio em Mati, próxima de Atenas, subiu hoje para os 91, com outras 25 pessoas ainda desaparecidas, anunciaram as autoridades gregas.

Mais de duas mil casas ficaram danificadas ou destruídas na tragédia. O fogo foi o mais devastador na Europa há mais de um século. A maioria das pessoas morreram no fogo, mas outras, ao tentarem fugir para o mar, afogaram-se, não esquecendo ainda a inalação de fumo como causa de morte.

As investigações às causas do incêndio apontam para o crime de fogo posto. Os ventos com velocidade superior a 100 km por hora e o terreno seco, bem como a lenta e descoordenada resposta das autoridades, contribuíram para que o incêndio tivesse dimensões brutais.