Internacional

Ministro britânico troca nacionalidade da própria mulher em visita à China

A mulher de Jeremy Hunt é chinesa mas o ministro dos Negócios Estrangeiros britânico começou por dizer que era japonesa. Uma gaffe que provocou a gargalhada geral e deu que falar

O novo ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Jeremy Hunt, está de visita à China para explorar um eventual acordo comercial com o gigante asiático. Talvez numa tentativa de estreitar os laços entre os dois países, o ministro quis demonstrar a sua ligação familiar à China, referindo-se à sua mulher. Mas cometeu uma gaffe que deu muito que falar.

“A minha mulher é japonesa”, disse, corrigindo imediatamente: “A minha mulher é chinesa. Desculpem, é um erro terrível de se cometer”.

Apesar das relações tensas entre China e Japão, o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, e a restante delegação reagiram com humor à confusão de Jeremy Hunt e deram uma grande gargalhada. 

Depois do momento constrangedor, o ministro acrescentou: "A minha mulher é chinesa e os meus filhos são meios chineses e, por isso, têm avós chineses que vivem em Xian e temos fortes ligações familiares à China".

Jeremy Hunt sucedeu a Boris Johnson como ministro dos Negócios Estrangeiros, que se demitiu este mês e que era conhecido por cometer algumas gaffes. Parece que Jeremy Hunt quer seguir-lhe as pisadas.