Internacional

Grécia. Familiares de vítimas mortais processam autoridades

Recorde-se que cerca de 90 pessoas morreram com os incêndios que deflagraram na Grécia, sendo que o número exato de mortes ainda não é conhecido.

Familiares de duas das vítimas mortais nos incêndios da Grécia entraram com um processo judicial contra as autoridades, acusando-os de homicídio por negligência, entre outros crimes. Em causa está a forma como ocorreu a resposta das autoridades ao desastre.

De acordo com a Agência Lusa, as vítimas, duas professoras de 70 e 73 anos, estariam a tentar fugir de casa quando se viram presas pelas chamas. Os corpos foram encontrados um dia depois do incêndio.

Recorde-se que cerca de 90 pessoas morreram com os incêndios que deflagraram na Grécia, sendo que o número exato de mortes ainda não é conhecido.