Internacional

Autor dos ataques nas Ramblas circula livremente por toda a Europa

O homem que terá planeado os ataques de 17 de agosto de 2017 nas Ramblas, em Barcelona, que fizeram 16 vítimas mortais e 120 feridos, circula livremente por vários países da Europa.

“O terrorista está localizado, muda regularmente de país - não precisaram se passou por Espanha - e continua a entrar em contacto com outros grupos radicais", escreve esta quinta-feira o jornal catalão, El Periódico, citando fontes próximas do inquérito aos atentados.

Recorde-se que, há praticamente um ano, um homem atropelou uma multidão que passeava na avenida mais movimentada de Barcelona, as Ramblas, onde matou 14 pessoas – entre as quais duas portuguesa, e feriu outras 120.

O suspeito roubou depois um automóvel, e acabou por matar o condutor. Umas horas depois, cinco cúmplices lançaram o automóvel em que seguiam contra pessoas que passeavam na cidade balnear de Cambrils (Tarragona), fazendo mais uma vítima mortal.

Na altura, todos os seis autores deste atentado, com idades compreendidas entre os 17 e os 24 anos, foram mortos pela polícia.

Em reação à notícia do jornal espanhol, um porta-voz da polícia regional catalã, ouvido pela agência France-Presse, recusou comentar o assunto, sublinhando apenas que "tudo o que diz respeito a conexões internacionais" dos autores do atentado, está "abrangido pelo segredo de justiça".