Vida

Caracóis podem conter parasita fatal para o ser humano

Se gosta deste petisco de verão é melhor ter cuidado onde vai comer. A bactéria pode ser contraída pelos seres humanos através da ingestão de caracóis e caranguejos, no caso de estarem mal cozinhados. 

De acordo com um estudo publicado no mês passado no The American Journal of Troupical Medicine and Hygiene, o parasita chama-se “Angiostrongylus Cantonensis”, e vive nos pulmões dos ratos.

Caso seja ingerido por seres humanos através de caracóis ou de caranguejos, pode mesmo levar à morte. No entanto, não há registos de casos de infeção em Portugal.

O estudo indica que em todo o mundo há cerca de três mil registos de contaminação pelo parasita.

No pior dos casos, quando o parasita é ingerido, aloja-se no cérebro, que pode infetar o sistema nervoso central e, consequentemente, causar inflamação cerebral, meningite eosinofílica, paralisia e, em casos extremos, a morte.