Sociedade

Câmara de Lisboa encerra Parques do Monsanto devido ao calor

Medida foi anunciada hoje à tarde pela Câmara de Lisboa para evitar que a população frequente esses espaços para fazer piqueniques ou atividades ao ar livre

A Câmara Municipal de Lisboa vai encerrar os Parques do Monsanto – o Parque Recreativo do Alvito, o Parque Recreativo do Alto da Serafina e o Miradouro Panorâmico de Monsanto – como uma medida de prevenção para proteger a população do calor.

De acordo com o comunicado da autarquia, esta decisão corresponde a um “conjunto de medidas preventivas especiais” que tentam dar resposta à situação de alerta em que o país se encontra devido às temperaturas extremas.

Para além disso, a autarquia decidiu cancelar a “realização de eventos no interior dos espaços em regime florestal”, como é o caso do evento previsto decorrer no domingo na Tapada da Ajuda.

O documento diz ainda que esta medida visa reduzir a circulação e acesso ao parque por causa do risco máximo de incêndio, de forma a “evitar a concentração de pessoas no interior de espaços em regime florestal como é o Parque Florestal do Monsanto".

Por fim, é desanconselhado "a utilização dos vários equipamentos coletivos particulares ali localizados, assim como a realização de piqueniques e atividades lúdicas".