Desporto

Bruno de Carvalho fala em providência cautelar e diz que vai a eleições

Bruno de Carvalho falou hoje em conferência de imprensa

Bruno de Carvalho anunciou, esta segunda-feira, em conferência de imprensa, que o Sporting está a obrigado a aceitar a sua candidatura à presidência do Sporting. “Hoje, para nosso gáudio, fez-se justiça e obtivemos, de uma providência cautelar colocada, a obrigatoriedade do Sporting de receber a nossa candidatura sob pena de crime de desobediência”.

O ex-presidente do emblema leonino diz que “a candidatura será entregue aos serviços, com a marcação formal a ser feita”. Acrescentou ainda os moldes do seu ‘ataque’ à presidência: “Vamos calmamente, unidos e coesos, em torno de uma liderança de um projeto e de uma equipa, aguardar os nossos desenvolvimentos dessa entrega”.

BdC concluiu o seu discurso, dizendo que “a covardia tem que acabar. Não mintam aos sportinguistas. Como podem ver, estamos aqui de forma clara, é assim que nos apresentamos. Não há mentiras, não há nada escondido. Há aqui uma equipa pronta para resolver aquilo que tem sido feito ao Sporting. Vamos fazê-lo de cara limpa, com uma equipa muito unida, muito certa do que quer. É um dia fabuloso, como sportinguista e como português. Renasci um pouco porque posso novamente acreditar que a justiça tarda, mas não falha”.