Sociedade

Ruy de Carvalho. "Estou desiludido, depois do que aconteceu em 2017, não mudou nada"

Ator falou sobre o incêndio que está a lavrar em Monchique

Ruy de Carvalho manifestou-se na passada quarta-feira relativamente ao incêndio que está a lavrar em Monchique, no distrito de Faro. O ator afirmou que está “desiludido”, uma vez que nada mudou “depois do que aconteceu em 2017”.

“Tenho andado calado, mas não é por não estar a seguir com atenção tudo o que se passa no nosso Algarve, mas sim por que estou desiludido...Depois do que aconteceu em 2017, não mudou nada...Em Monchique, 13 anos depois, as chamas voltam a atacar destruindo tudo por onde passam. Mas desta vez , o fogo está a conseguir ganhar terreno”, pode ler-se na publicação partilhada no Facebook oficial de Ruy de Carvallho.

O ator criticou ainda as medidas da Proteção Civil para com os animais: “As pessoas estão a ser bem acompanhadas, pelo que sei, na medida dos possíveis e os animais...O que vou escrever a seguir, foi o que me chegou através da minha filha: Um grande grupo de associações, particulares e médicos veterinários voluntários, montaram uma mega operação de intervenção e resgate de animais vítimas de incêndio para a qual já tinham as devidas autorizações, só que foram impedidos de continuar o seu trabalho”.

Recorde-se que a comandante operacional nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar, recusou toda a ajuda veterinária na zona e deu ordens para que a tenda de apoio veterinário fosse desmontada.

Ruy de Carvalho, de 91 anos, concluiu dizendo que “os animais são duplas vítimas deste tipo de calamidade. Vitimas do incêndio e vítimas da indiferença”.