Sociedade

Monchique. Câmara de Portimão aciona linha para gestão de donativos e para evitar excessos

Ao contactar a Linha “Proteção 24”, todos os que querem ajudar ficarão a saber como faze-lo de forma útil

A Câmara Municipal de Portimão está a recorrer ao número municipal de Proteção Civil para gerir todos os donativos que têm chegado de forma massiva desde o início do incêndio em Monchique, de acordo com a Agência Lusa.

Segundo fonte da Câmara, em declarações à Lusa, as necessidades são “voláteis” e a tipologia dos donativos altera-se constantemente. Por isso, foi necessário adotar uma forma mais organizada de gestão. Ao contactar a Linha “Proteção 24”, todos os que querem ajudar ficarão a saber como faze-lo de forma útil e de forma a corresponder às verdadeiras necessidades de bens.

Segundo a Lusa, ao pavilhão Portimão Arena chegam vários bens que nem sempre são necessários ou prioritários e várias pessoas se têm voluntariado para ajudar, sendo que já existe uma lista de espera de voluntários.

"Estamos autossuficientes ao nível de bens e voluntariado", referiu a mesma fonte da Câmara de Portimão.

Também numa escola em Portimão são confecionadas as refeições que, posteriormente, são entregues aos operacionais que estão a combater as chamas.