Cultura

Cinema. As cinco falhas que nunca reparou nos grandes êxitos

São pequenos lapsos no guião e que mudariam completamente a história do filme. Se algumas deles tivessem sido tidas em contas, poderiam nem chegar a haver história.

DR  

A verdade é que não há filmes perfeitos. Mas ,por vezes, o guião tem falhas que põem em causa toda a história.

Armageddon (1998)

Um dos casos mais flagrantes é no clássico Armageddon, que conta com Ben Aflleck e Bruce Willys nos papéis principais. Segundo a história, um asteroide gigante está em rota de colisão com a Terra e, para evitar uma desgraça, a única solução apresentada pela NASA é perfurar o asteroide e detonar bombas nucleares no seu interior. E será que não há melhor opção para fazer o trabalho do que um chefe de uma plataforma de petróleo? Bem Affleck terá questionado esta decisão do realizador Michael Bay, defendo que seria mais fácil ensinar astronautas a perfurar o asteroide do que ensinar perfuradores a serem astronautas. Michael Bay não gostou da pergunta e mandou o ator calar-se.

 

Tomb Raider: A Origem (2001)

Também Lara Croft deixou os fãs de cinema com muitas dúvidas. Se durante todo o filme o objetivo da protagonista – interpretado por Angelina Jolie – é destruir o Triangulo da Luz para evitar que o poder do mal invada a terra e se o triangulo não funciona se não tiver as duas partes que o compõem unidas, porque não destruir logo a primeira parte que encontrou, inviabilizando de vez o objeto? Deixemos a questão no ar.

 

O Código Da Vinci (2006)

O professor Robert Langdon – interpretado por Tom Hanks – pode ser muito inteligente mas esqueceu-se de um pormenor importante: o vinagre é um líquido que facilmente congela. E o que é que esta informação interessa para a história? É que teria evitado todo o tempo que Langdon passou a tentar descobrir a combinação da cápsula que continha o segredo que desvendaria todo o mistério. Se congelasse a cápsula poderia parti-la sem danificar o pregaminho que estava lá guardado.

 

A Ressaca (2009)

Vamos diretos ao assunto: era impossível que a personagem Doug - interpretado por Justin Bartha - tivesse passado dois dias no telhado de um casino no estado norte-americano do Nevada sem que ninguém soubesse. Porquê? Porque cada centímetro quadrado dos casinos está coberto por câmaras de vigilância. Certamente um grupo de seguranças teria ido ao encontro dele para perceber se estaria a tentar assaltar o casino ou se, por outro lado, pretendia suicidar-se.

 

O Homem de Aço (2013)

Serão as giletes do Superhomem de Kryptonite? Não? Então como é que o tão famoso Clark Kent - a personagem de Henry Cavill - aparece neste filme com barba e, passado algumas cenas, sem ela? Segundo a história original o Superhomem é indestrutível a qualquer objeto que haja na terra – sendo a seu única fraqueza o mineral extraterrestre kryptonite – pelo que uma simples lâmina nunca poderia cortar-lhe a barba. Aliás, esta é uma da piadas que muitas vezes figura nos livros de banda desenhada mais cómicos da DC.