Cultura

Casey Affleck fala pela primeira vez das acusações de assédio

O ator admitiu que teve comportamentos "não profissionais"

Foi a primeira vez que o ator Casey Affleck falou sobre as acusações de assédio sexual que têm recaído sobre ele durante a rodagem do filme “I’m Still Here”.

O caso remonta ao ano passado quando Casey Affleck foi acusado de assédio sexual por duas mulheres que trabalharam no filme. As acusações chegaram mesmo a processos civis.

Agora Affleck admite que a sua responsabilidade para a criação de um ambiente “não profissional”. "Foi um ambiente não profissional. Eu contribuí para esse ambiente pouco profissional e tolerava esse tipo de comportamento de outras pessoas, e gostaria que não o ter feito", disse o ator numa entrevista à Associated Press. “Comportei-me de uma maneira e permiti que os outros também se comportassem de uma maneira não profissional. Peço desculpa".

Affleck ficou associado aos movimentos “MeToo e Time’s Up e, quando venceu o Óscar para melhor ator no filme “Manchester by the Sea”, em 2016, os casos de assédio sexual voltaram à ribalta. Por isso mesmo, o ator norte-americano optou por não apresentar o prémio de melhor atriz nos Óscares deste ano, que é tradicionalmente apresentado pelo vencedor do melhor ator no ano anterior.

"Acho que foi a atitude mais acertada, atendendo a tudo o que estava a acontecer na nossa cultura naquele momento", disse ainda Casey Affleck