Internacional

Erdogan ameaça Estados Unidos e diz que vai procurar "novos aliados"

A queda da moeda turca face ao dólar por causa das sansões de Trump podem provocar uma "guerra económica"

O presidente turco disse este sábado que a cooperação entre a Turquia e os Estados unidos está ameaçada por causa das ações unilaterais dos Estados Unidos, que consideram “desrespeito. E chegou mesmo a dizer que Ancara irá procurar “novos aliados”.

“A menos que os Estados Unidos comecem a respeitar a soberania da Turquia e provem que compreendem os perigos que a nossa nação enfrenta, a nossa parceria pode estar em perigo”, ameaçou o Presidente turco.

As sanções de Donald Trump, que decidiu aumentar o valor das taxas sobre o aço e o alumínio, fieram cair a moeda turca – a lira – 16% face ao dólar. Por isso, Erdogan incitou a população a trocar as moedas estrangeiras porque, como anunciou esta sexta-feira, está eminente uma “guerra económica”.