Vida

Lindsay Lohan. “Peço desculpa por qualquer dor que possa ter causado”

A atriz pede desculpa, depois da sua mais recente entrevista

Depois de ter sido criticada devido à sua mais recente entrevista ao The Times, em que falou sobre o movimento #MeToo e as acusações de assédio sexual a Harvey Weinstein, a atriz Lindsay Lohan veio explicar as suas declarações, através de um comunicado.

No comunicado, pode ler-se: “Sem qualquer tipo de reserva gostaria de pedir desculpa se magoei alguém com as minhas declarações numa recente entrevista. A frase apenas era referente à minha esperança que um mão cheia de falsos testemunhos no meio de um mar de vozes heróicas diminuíssem a importância do movimento #MeToo. Contudo, aprendi como as minhas declarações podem ser vistas como más, embora nunca tenha sido a minha intenção. Peço desculpa por qualquer dor que possa ter causado”.

Lindsay Lohan acrescentou ainda que todas as vozes devem ser ouvidas.

Na entrevista, a atriz ao jornal britânico The Times, a atriz disse: “Vou ficar a odiar-me por dizer isto, mas acho que as mulheres que falam de assédios ficam a parecer fracas quando são muito fortes”, justificando que “se algo acontece num momento, tens de discutir isso nesse momento. Fazes disso uma coisa real ao abrir um processo policial”, o que foi altamente criticado nas redes sociais.  A atriz chegou a acrescentar ainda que “existem muitas raparigas que vêm, que não se sabe quem são, e que fazem de tudo por atenção. Isso afasta-nos do que realmente é importante”.

Relativamente a Harvey Weinstein, Lindsay chegou a afirmar que : "Realmente não tenho nada a dizer. Eu não posso falar sobre algo que não vivi, certo?”