Sociedade

Autarca estima que chamas consumiram 10.000 hectares em Silves

O incêndio afetou sobretudo explorações suinícolas e de pecuária

Foram cerca de 10.000 hectares que arderam no concelho de Silves com o incêndio da semana passada, de acordo com a presidente da Câmara de Silves, em declarações à Agência Lusa, esta terça-feira.

"Neste momento estamos a efetuar o levantamento no terreno, mas, segundo os dados provisórios, estimamos que poderão ter ardido cerca de 10 mil hectares no concelho de Silves, afetando essencialmente explorações suinícolas e de pecuária", afirmou Rosa Palma. Contudo, a autarca garante que, relativamente à alimentação dos animais, “existem no terreno medidas de apoio da Direção Regional de Agricultura, em articulação com os serviços de Proteção Civil”.

A autarca acrescentou ainda que, apesar dos prejuízos ainda estarem a ser “quantificados”, serão “certamente elevados”.

Segundo fonte da Proteção Civil à Lusa, no concelho de Portimão, o fogo terá consumido 300 hectares.

Recorde-se que o fogo, que deflagrou em Monchique e acabou por afetar três concelhos do distrito de Faro, durou uma semana e foi combatido por mais de 1.000 operacionais.