Internacional

Génova. Buscas para encontrar sobreviventes continuam

As equipas de socorro italianas continuaram esta madrugada, pelo segundo dia consecutivo, as buscas para tentarem encontrar sobreviventes nos escombros da ponte que colapsou esta terça-feira em Génova, Itália.

“Há obviamente esperança de que os socorristas encontrem sobreviventes, mas quanto mais o tempo passa, mais difícil é”, afirmou o comandante da polícia local, Riccardo Sciuto.

O mais recente balanço das autoridades dá conta de 39 vítimas mortais e 16 feridos, nove dos quais se encontram em estado grave.

Recorde-se que, esta quarta-feira, o governo italiano declarou “estado de emergência” por um ano em Génova, tendo ainda anunciado que vai contribuir com uma verba de cerca de cinco milhões de euros do fundo de emergência nacional. “Este é um primeiro passo do Governo perante esta tragédia”, declarou o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

O acidente ocorreu na terça-feira pelas 12h00, em Génova, no norte de Itália, depois de um troço da ponte Morandi ter caído e ter feito com que vários carros ficassem soterrados.