Cultura

Oito momentos da vida de Aretha

A cantora morreu esta quinta-feira aos 76 anos 

Aretha Franklin foi a primeira mulher a entrar no Rock and Roll Hall of Fame – a lista de referência que reconhece os mais notáveis intervenientes da história da música americana, tendo vendido mais de 75 milhões de discos.

Piano

Autodidata, aprendeu a tocar sem saber ler nem escrever música numa pauta

Canto

Começou por cantar em Detroit no coro da igreja construída pelo pai pastor

Versão

“Respect”, o maior êxito da carreira, foi escrito em 1965 por Otis Redding. A versão de Aretha Franklin inverteu as posições de homem e mulher

Luther King

Em adolescente, chegou a viajar com Martin Luther King. Em 1968, cantou no funeral do ativista pelos direitos civis dos afroamericanos

Hall of Fame

Foi a primeira mulher a ter uma estrela no Rock and Roll Hall of Fame em 1987

Voz absoluta

O vozeirão explicava-se. Aretha Franklin detinha uma das raras vozes capazes de ultrapassar as três oitavas: quatro, neste caso

Liberdade

Em 2005, recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade das mãos de George W. Bush

Presidenciais

Cantou em três tomadas de posse de presidentes americanos: Obama, claro, mas também Bill Clinton e Jimmy Carter