Desporto

Sporting. Tribunal terá dado razão a Bruno de Carvalho

Segundo a decisão do Tribunal, Bruno de Carvalho acredita agora que ficou provado que a Assembleia Geral destitutiva do dia 23 de junho foi ilegal e, portanto, este continua a ser o líder dos verdes e brancos.

 

Esta sexta-feira, o tribunal terá dado razão a Bruno de Carvalho, tendo anulado a destituição de presidente do Sporting, avança a SIC Notícias. 

No entanto, fonte judicial garantiu à estação televisiva que ainda não foi tomada qualquer decisão em relação à providência cautelar do antigo líder leonino.

Recorde-se que, depois da Mesa da Assembleia Geral ter recusado a candidatura de Bruno de Carvalho para as próximas eleições, o mesmo colocou várias providências cautelares contra várias decisões que considerava serem ilegais. Uma dessas mesmas providências cautelares dizia respeito à reunião no Altice Arena - a 23 de junho - que em várias declarações e posts do Facebook foi descrevendo como uma Assembleia Geral ilegal.