Sociedade

Educação. Mário Nogueira diz que Governo “corre o risco de não conseguir aprovar o próximo” OE

Vários professores apelam ao PCP e ao BE que chumbem Orçamento de Estado

Mário Nogueira, líder da FENPROF, alertou o Governo de que este “corre o risco de não conseguir aprovar o próximo” Orçamento de Estado (OE), devido à contabilização do tempo da carreira dos professores, uma vez que vários docentes estão a apelar ao BE e ao PCP que chumbem o OE.

“Se o primeiro-ministro não cumprir aquilo a que se comprometeu, terá de explicar por que razão enganou aqueles que lhe aprovaram o Orçamento de 2018. E corre o risco de não conseguir aprovar o próximo”, disse Mário Nogueira, em declarações ao Expresso.

Além disso, também João Dias da Silva, da FNE, diz que os três partidos que apoiam o Governo “não poderão aprovar um Orçamento” que não reflita os efeitos da contabilização integral do tempo de carreira dos professores.