Desporto

Premier League. United sofre o primeiro desaire

Red devils, orientados por José Mourinho, perderam na visita ao terreno do modesto Brighton (3-2)

Ao segundo jogo, a primeira derrota. O Manchester United entrou na Premier League com um triunfo caseiro sobre o Leicester (2-1), mas este domingo sentiu o outro lado da moeda na deslocação ao terreno do Brighton, perdendo por 3-2. Com este resultado, viu várias equipas fugirem na classificação: os rivais Manchester City, Chelsea e Tottenham, mas também o Watford e o Bournemouth.

Ainda sem Diogo Dalot, que continua a recuperar de lesão, José Mourinho viu a equipa da casa adiantar-se no marcador aos 25 minutos, com Murray a escapar à marcação do ex-benfiquista Lindelof e a bater o desamparado De Gea. Apenas dois minutos volvidos, Duffy ampliou a vantagem na sequência de um canto. Lukaku ainda reduziu aos 34', de cabeça também após canto, mas um penálti cometido por Bailly em cima do intervalo permitiria a Gross fazer o 3-1.

No segundo tempo, o United atacou, mas não conseguiu melhor que um golo aos 90'+5', também de penálti, este apontado pelo capitão Pogba após falta sobre Fellaini. "Cometemos demasiados erros e fomos punidos por esses erros. Às vezes cometes um erro e não és punido mas nós fomos punidos por cada erro que cometemos. O terceiro golo foi demasiado difícil. Uma acumulação de erros e punições com golos foi dando felicidade e confiança ao Brighton", salientou Mourinho após o apito final.