Desporto

Automobilismo. Niki Lauda já voltou a falar e a treinar a respiração

Médicos que acompanham o antigo tricampeão mundial de Fórmula 1 mostram-se satisfeitos com os progressos após o transplante pulmonar

A evolução do estado de saúde de Niki Lauda está a decorrer de forma satisfatória para os médicos do Hospital Geral de Viena, onde foi sujeito há 18 dias a um transplante pulmonar. A última informação clínica daquela instituição revela que o antigo tricampeão mundial de Fórmula 1 já está a conseguir falar e também treinar a respiração sem assistência.

“Há dias em que se sente melhor, fala bastante bem. Há dias que são piores. É o melhor paciente que se possa imaginar, tem uma extrema força de vontade, participa ativamente na terapia física e treina a respiração e os músculos. Temos boas esperanças para a sua recuperação”, assumem os médicos.

Niki Lauda, de 69 anos, é atualmente diretor não executivo da Mercedes. Foi internado no passado dia 2, após ter apanhado um vírus gripal e já depois de não ter comparecido nos Grandes Prémios da Alemanha e da Hungria, a 22 e 29 de julho, e operado desde logo - isto, um dia depois do 42.º aniversário do grave acidente no circuito de Nurburgring, que lhe provocou graves queimaduras na cabeça e nos pulmões e outras consequências posteriores, como dois transplantes renais.