Desporto

Liverpool cola-se à frente, At. Madrid empata em Valência

Nos jogos desta segunda-feira, destaque também para a vitória do Feirense em Guimarães

O encerramento da jornada nas várias ligas europeias de topo do futebol reservou poucas surpresas mas bom futebol. Desde logo em Inglaterra, a pátria da modalidade, com o Liverpool a vencer no terreno do Crystal Palace (0-2), mercê de um penálti de Milner aos 44 minutos, a castigar falta de Sakho (ex-Liverpool) sobre Salah, e um golo de Sadio Mané já nos descontos do segundo tempo, também após assistência do atacante egípcio, que já havia sido o "causador" da expulsão de Bissaka - o defesa-direito inglês de 20 anos travou Salah quando este seguia isolado para a baliza adversária.

O Liverpool mantém-se assim no grupo dos líderes da Premier League, juntamente com Manchester City, Chelsea, Watford, Bournemouth e Tottenham: todos têm seis pontos, contando por vitórias os dois jogos já disputados neste início de temporada.

Em Espanha, o Atlético de Madrid estreou-se na edição 2018/19 da liga com um empate em Valência: 1-1. O argentino Correa ainda pôs os colchoneros em vantagem aos 27', após passe magistral de Griezmann, mas Rodrigo acabaria por empatar novamente o encontro aos 57' a passe de Wass - uma jogada feita na totalidade por ex-atletas do Benfica. Aos 72', Diego Simeone lançou Gelson Martins para o lugar de Griezmann, com o internacional português a conseguir assim a estreia pelo Atlético, que acabaria por ser salvo por várias intervenções de grande nível de Oblak.

Pouco depois, o Athletic Bilbau recebeu e bateu o Leganés por 2-1, com Jonathan Silva, cedido pelo Sporting, a fazer o único golo dos visitantes na sua estreia oficial.

Na Serie A italiana, agora abrilhantada com a chegada de Cristiano Ronaldo à Juventus, a Atalanta passou para a liderança provisória ao golear o recém-promovido Frosinone por 4-0. O argentino Papu Gómez, com dois tentos e duas assistências, foi a grande figura da partida.

Destaque também para a estreia fulgurante de Axel Witsel no Borussia Dortmund. Lançado ao minuto 74, o antigo médio do Benfica fez aos 90'+5' o golo que valeu o momentâneo 1-1 no terreno do secundário Greuther Furth, em jogo da Taça da Alemanha. No último minuto do prolongamento, Reus viria a confirmar a reviravolta do poderoso conjunto alemão, que contou com Raphael Guerreiro a partir dos 97'.

Por último, a liga portuguesa, onde houve de facto lugar a surpresa: o Feirense foi a Guimarães vencer o Vitória por 1-0, juntando-se assim à liderança formada por Benfica, FC Porto e Sporting. Aos 88', Fábio Sturgeon, curiosamente ex-jogador dos vimaranenses, apontou o único golo do encontro, tornando assim o Vitória, agora orientado por Luís Castro, uma das três equipas ainda só com derrotas, juntamente com Portimonense e Nacional.