Economia

Interdição à pesca da sardinha em três zonas do país termina hoje

A proibição afetou as zonas de Torreira-Furadouro, sul da Figueira de Foz e Altar Piedade desde as 00h00 do dia de agosto

DR  

Termina hoje o período de interdição à pesca da sardinha capturada dos 0 aos 20 metros de profundidade nas zonas de Torreira-Furadouro, Sul da Figueira da Foz e Altar da Piedade.


A proibição entrou em vigor dia 6 de agosto para “potenciar a recuperação da biomassa, sobretudo no caso dos pequenos pelágicos, num contexto de uma pesca responsável e dos princípios da sustentabilidade”. 


A medida visava também garantir a proteção das zonas até aos 20 metros de profundidade, áreas históricas de distribuição dos juvenis de sardinha, segundo informação publicada pela Secretaria de Estados das Pescas em Diário da República no início do mês. 


Na altura, o despacho da tutela estipulava um “período de 15 dias para proteção dos juvenis”, de acordo com o recomendado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, ainda que a eficácia da medida fosse avaliada de uma forma continua. Como está tudo dentro do previsto, disse fonte oficial do Ministério do Mar, o prazo termina hoje como estipulado.